CENTRO ACADÉMICO DE INVESTIGAÇÃO E FORMAÇÃO BIOMÉDICA DO ALGARVE
mantenha-se sempre a par da atualidade
Produção industrial de zaragatoas para testes à COVID-19
9 Apr, 20

Na sequência de um projeto concebido pelo Algarve Biomedical Center e a start-up do Algarve MARK6 protoryping, a empresa Hidrofer, de Vila Nova de Famalicão, irá produzir zaragatoas para os testes à COVID-19.

É esperada uma produção diária de cerca de 50 mil zaragatoas, o que permite reforçar fortemente a capacidade de resposta do Sistema Nacional de Saúde (SNS) face à pandemia atual.

A partir da investigação do ABC, a Mark 6 Prototyping, startup ligada à Universidade do Algarve, ainda produziu cerca de 700 zaragatoas, no entanto, a “falta de capacidade industrial”, sublinhou Manuel Heitor, originou a parceria com a Hidrofer, empresa que permitirá a produção massificada das zaragatoas.

As zaragatoas resultam assim de uma parceria entre o Centro Académico Clínico Algarve Biomedical Center, a start-up Mark 6 Prototyping, o Instituto Superior Técnico, de Lisboa, e a empresa Hidrofer.


Leia a notícia na íntegra em:

https://www.publico.pt/2020/04/08/sociedade/noticia/empresa-famalicao-cobre-necessidades-sns-produzindo-12-mil-zaragatoas-hora-1911603?fbclid=IwAR0yqjoBJVFp2SLrcHGacuuCokha1ACo8q3yw4fl2bxx4OuZS1nW5_fclw0

Partilhar: