CENTRO ACADÉMICO DE INVESTIGAÇÃO/FORMAÇÃO BIOMÉDICA DO ALGARVE
OS NOSSOS SERVIÇOS VISAM MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA DE TODA A COMUNIDADE

SERVIÇOS

SEDE DO PROJETO LIFE

  • A Sede do projeto LIFE será parte integrante do ABC LOULÉ ACTIVE LIFE, localizado em Vilamoura;
  • O Life é uma estrutura do ABC que pretende implementar um modelo de formação em suporte básico de vida e desfibrilhação automática externa (DAE) a diversos níveis, designadamente, na rede hoteleira regional, no turismo e em espaços públicos;
  • O Life visa ainda proporcionar formação em suporte básico de vida nas escolas públicas do Algarve através da implementação do “Projeto Crescer a Salvar”, cujos custos serão suportados pelas autarquias;
  • Através do “Projeto Algarve Coração Seguro” pretende criar uma rede de desfibrilhadores automáticos externos e prestar formação em suporte de vida aos funcionários das unidades hoteleiras. Este consiste num projeto em colaboração com ARS Algarve, Região de turismo do Algarve e AHETA, sendo os custos suportados pela AHETA.
SEDE DO PROJETO LIFE

SEDE DO PROJETO LIFE

  • A Sede do projeto LIFE será parte integrante do ABC LOULÉ ACTIVE LIFE, localizado em Vilamoura;
  • O Life é uma estrutura do ABC que pretende implementar um modelo de formação em suporte básico de vida e desfibrilhação automática externa (DAE) a diversos níveis, designadamente, na rede hoteleira regional, no turismo e em espaços públicos;
  • O Life visa ainda proporcionar formação em suporte básico de vida nas escolas públicas do Algarve através da implementação do “Projeto Crescer a Salvar”, cujos custos serão suportados pelas autarquias;
  • Através do “Projeto Algarve Coração Seguro” pretende criar uma rede de desfibrilhadores automáticos externos e prestar formação em suporte de vida aos funcionários das unidades hoteleiras. Este consiste num projeto em colaboração com ARS Algarve, Região de turismo do Algarve e AHETA, sendo os custos suportados pela AHETA.
INFORMAÇÕES DO ABC PARA O TURISMO
  • Visa a prestação de informação de natureza geral e de saúde a todos os turistas.
INFORMAÇÕES DO ABC PARA O TURISMO
INFORMAÇÕES DO ABC PARA O TURISMO
  • Visa a prestação de informação de natureza geral e de saúde a todos os turistas.
CENTRO DE CUIDADOS DE SAÚDE CERTIFICADOS PARA O TURISMO
  • Neste centro pretende-se disponibilizar às organizações que atuam no turismo e aos turistas nacionais e internacionais a informação sobre as instituições certificadas pela Direção Geral da Saúde (DGS) mais próximas do local onde se encontram e por áreas de especialização;
  • A implementação de uma estrutura e dos apoios necessários à sua atividade no ABC-LOULÉ ACTIVE LIFE tornará o Algarve numa região completamente segura para os turistas poderem passar as suas férias ou mesmo poderem residir.
CENTRO DE CUIDADOS DE SAÚDE CERTIFICADOS PARA O TURISMO
CENTRO DE CUIDADOS DE SAÚDE CERTIFICADOS PARA O TURISMO
  • Neste centro pretende-se disponibilizar às organizações que atuam no turismo e aos turistas nacionais e internacionais a informação sobre as instituições certificadas pela Direção Geral da Saúde (DGS) mais próximas do local onde se encontram e por áreas de especialização;
  • A implementação de uma estrutura e dos apoios necessários à sua atividade no ABC-LOULÉ ACTIVE LIFE tornará o Algarve numa região completamente segura para os turistas poderem passar as suas férias ou mesmo poderem residir.
CENTRO DE FORMAÇÃO E SIMULAÇÃO DE DOAÇÃO E TRANSPLANTAÇÃO DE ORGÃOS, TECIDOS E CÉLULAS
  • Este centro enquadra-se na estratégia europeia que visa garantir uma resposta tão eficaz quanto possível à necessidade dos doentes em lista de espera para transplantação;
  • Trata-se de um projeto conjunto entre o Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) e o ABC, que através do ABC Meeting Center proporcionará os cursos de formação necessários aos técnicos nacionais e internacionais. 
CENTRO DE FORMAÇÃO E SIMULAÇÃO DE DOAÇÃO E TRANSPLANTAÇÃO DE ORGÃOS, TECIDOS E CÉLULAS
CENTRO DE FORMAÇÃO E SIMULAÇÃO DE DOAÇÃO E TRANSPLANTAÇÃO DE ORGÃOS, TECIDOS E CÉLULAS
  • Este centro enquadra-se na estratégia europeia que visa garantir uma resposta tão eficaz quanto possível à necessidade dos doentes em lista de espera para transplantação;
  • Trata-se de um projeto conjunto entre o Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) e o ABC, que através do ABC Meeting Center proporcionará os cursos de formação necessários aos técnicos nacionais e internacionais. 
CENTRO ACTIVE LIFE
  • O Centro Active Life vai estar integrado no polo ABC LOULÉ ACTIVE LIFE, em Vilamoura.
  • Este centro visa prestar cuidados de saúde e bem-estar de elevada qualidade, nomeadamente no âmbito da reabilitação osteoarticular, cardiovascular e respiratória com enfoque diferenciador na promoção da vida ativa e saudável.
  • Será um centro focado para um envelhecimento ativo, reabilitação e melhoria da qualidade de vida.
  • Vocacionado para o turismo de saúde com a realização de programas de treino intensivos aproveitando as condições climáticas do Algarve para a sua realização ao ar livre. 

  



CENTRO ACTIVE LIFE
CENTRO ACTIVE LIFE
  • O Centro Active Life vai estar integrado no polo ABC LOULÉ ACTIVE LIFE, em Vilamoura.
  • Este centro visa prestar cuidados de saúde e bem-estar de elevada qualidade, nomeadamente no âmbito da reabilitação osteoarticular, cardiovascular e respiratória com enfoque diferenciador na promoção da vida ativa e saudável.
  • Será um centro focado para um envelhecimento ativo, reabilitação e melhoria da qualidade de vida.
  • Vocacionado para o turismo de saúde com a realização de programas de treino intensivos aproveitando as condições climáticas do Algarve para a sua realização ao ar livre. 

  



ABC MEETING CENTER
  • A existência de um polo de desenvolvimento estratégico em ciências biomédicas e medicina como o ABC LOULÉ ACTIVE LIFE leva à necessidade de criação de um anfiteatro e salas de reuniões de apoio, que permitam a existência de reuniões científicas estratégicas nacionais e internacionais;
  • A aposta neste Meeting Center levará à colocação do Algarve no Centro da discussão científica e da inovação internacional.
ABC MEETING CENTER
ABC MEETING CENTER
  • A existência de um polo de desenvolvimento estratégico em ciências biomédicas e medicina como o ABC LOULÉ ACTIVE LIFE leva à necessidade de criação de um anfiteatro e salas de reuniões de apoio, que permitam a existência de reuniões científicas estratégicas nacionais e internacionais;
  • A aposta neste Meeting Center levará à colocação do Algarve no Centro da discussão científica e da inovação internacional.
CENTRO DE CIRURGIA EXPERIMENTAL DO ALGARVE
  • As áreas cirúrgicas são áreas que requerem um grande treino técnico, visando dessa forma a minimização do erro e a capacitação dos profissionais de um nível de excelência. Um centro de treino em modelos com cirurgia experimental é essencial para ser dado esse passo em frente para toda a região;
  • O ABC iniciará esforços para a existência de um Centro de Cirurgia Experimental no Algarve com abrangência regional, nacional e internacional;
  • O centro irá desenvolver programas de formação e treino em ambiente de simulação avançada de alta-fidelidade e 3D e de treino nas áreas cirúrgicas;
  • Projeto a ser desenvolvido através de parcerias com instituições estratégicas nacionais e internacionais.
CENTRO DE CIRURGIA EXPERIMENTAL DO ALGARVE
CENTRO DE CIRURGIA EXPERIMENTAL DO ALGARVE
  • As áreas cirúrgicas são áreas que requerem um grande treino técnico, visando dessa forma a minimização do erro e a capacitação dos profissionais de um nível de excelência. Um centro de treino em modelos com cirurgia experimental é essencial para ser dado esse passo em frente para toda a região;
  • O ABC iniciará esforços para a existência de um Centro de Cirurgia Experimental no Algarve com abrangência regional, nacional e internacional;
  • O centro irá desenvolver programas de formação e treino em ambiente de simulação avançada de alta-fidelidade e 3D e de treino nas áreas cirúrgicas;
  • Projeto a ser desenvolvido através de parcerias com instituições estratégicas nacionais e internacionais.
CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CLÍNICA DO ABC
  • O desenvolvimento da investigação clínica é um dos objetivos a nível nacional e, como tal, um dos objetivos do ABC será a sua promoção e o apoio necessário para o seu incremento.
CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CLÍNICA DO ABC
CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CLÍNICA DO ABC
  • O desenvolvimento da investigação clínica é um dos objetivos a nível nacional e, como tal, um dos objetivos do ABC será a sua promoção e o apoio necessário para o seu incremento.
BIOBANCO DO ABC
  • Viabilizará a colheita e armazenamento de tecidos, células e fluidos biológicos de acordo com as melhores práticas nacionais e internacionais;
  • Criação integrada numa estratégia de colaboração com o Centro Académico de Medicina de Lisboa, através de apoio de backup necessário ao Biobanco deste Centro;
  • Permitirá ao Centro Hospitalar Universitário do Algarve e à Universidade do Algarve desenvolverem projetos de investigação promissores para o desenvolvimento de terapêuticas inovadoras e avanço da medicina;
  • Ficará integrado na Rede Ibérica e Europeia de Biobancos.
BIOBANCO DO ABC
BIOBANCO DO ABC
  • Viabilizará a colheita e armazenamento de tecidos, células e fluidos biológicos de acordo com as melhores práticas nacionais e internacionais;
  • Criação integrada numa estratégia de colaboração com o Centro Académico de Medicina de Lisboa, através de apoio de backup necessário ao Biobanco deste Centro;
  • Permitirá ao Centro Hospitalar Universitário do Algarve e à Universidade do Algarve desenvolverem projetos de investigação promissores para o desenvolvimento de terapêuticas inovadoras e avanço da medicina;
  • Ficará integrado na Rede Ibérica e Europeia de Biobancos.
CENTRO DE LITERACIA E INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
  • Este centro visa a realização de sessões de esclarecimento ao cidadão acerca dos serviços eletrónicos de saúde disponíveis;
  • As sessões serão direcionadas ao público em geral e realizadas a nível nacional através das câmaras municipais e de outros locais estratégicos selecionados;
  • Trata-se de um projeto a desenvolver conjuntamente entre os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) e o ABC.
CENTRO DE LITERACIA E INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
CENTRO DE LITERACIA E INFORMÁTICA PARA A SAÚDE
  • Este centro visa a realização de sessões de esclarecimento ao cidadão acerca dos serviços eletrónicos de saúde disponíveis;
  • As sessões serão direcionadas ao público em geral e realizadas a nível nacional através das câmaras municipais e de outros locais estratégicos selecionados;
  • Trata-se de um projeto a desenvolver conjuntamente entre os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) e o ABC.

SISTEMA DE INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

  • Tem como objetivo disponibilizar aos médicos prescritores informação fiável e atualizada relativa às interações medicamentosas através da criação de um módulo específico que passa a integrar o sistema da prescrição eletrónica de medicamentos em Portugal;
  • Um projeto a ser implementado de forma conjunta pelo INFARMED, Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) e o ABC.
SISTEMA DE INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

SISTEMA DE INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

  • Tem como objetivo disponibilizar aos médicos prescritores informação fiável e atualizada relativa às interações medicamentosas através da criação de um módulo específico que passa a integrar o sistema da prescrição eletrónica de medicamentos em Portugal;
  • Um projeto a ser implementado de forma conjunta pelo INFARMED, Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) e o ABC.
UNIDADE DE FARMACOVIGILÂNCIA DO ALGARVE E ALENTEJO
  • A Unidade de Farmacovigilância do Algarve e Baixo Alentejo (UFALBA) é uma Unidade Regional de Farmacovigilância que abrange os distritos de Faro e Beja e está integrada no Sistema Nacional de Farmacovigilância, sob coordenação do INFARMED, I.P.
  1. A UFALBA, através de uma atividade delineada por profissionalismo e rigor, tem como visão contribuir para a criação de conhecimento científico através da monitorização da segurança dos medicamentos de uso humano, assente nos pilares da eficiência, qualidade e inovação.
  2. Compete à UFALBA, como membro integrante do SNF, a recolha sistemática da informação relativa a suspeitas de reações adversas a medicamentos nas áreas geográficas do Algarve e Baixo Alentejo, bem como a avaliação, processamento e análise científica dessa informação, nos termos resultantes das normas e diretrizes nacionais e comunitárias, designadamente pela sua comunicação aos outros Estados Membros e à Agência Europeia do Medicamento.
  1. É também competência da UFALBA a implementação das medidas de segurança adequadas de modo a minimizar os riscos e proceder à comunicação e divulgação de informação pertinente aos profissionais de saúde, doentes e público em geral.
  2. Cabe ainda à UFALBA a realização de estudos de farmacoepidimiologia e outros relacionados com a segurança dos medicamentos.
UNIDADE DE FARMACOVIGILÂNCIA DO ALGARVE E ALENTEJO
UNIDADE DE FARMACOVIGILÂNCIA DO ALGARVE E ALENTEJO
  • A Unidade de Farmacovigilância do Algarve e Baixo Alentejo (UFALBA) é uma Unidade Regional de Farmacovigilância que abrange os distritos de Faro e Beja e está integrada no Sistema Nacional de Farmacovigilância, sob coordenação do INFARMED, I.P.
  1. A UFALBA, através de uma atividade delineada por profissionalismo e rigor, tem como visão contribuir para a criação de conhecimento científico através da monitorização da segurança dos medicamentos de uso humano, assente nos pilares da eficiência, qualidade e inovação.
  2. Compete à UFALBA, como membro integrante do SNF, a recolha sistemática da informação relativa a suspeitas de reações adversas a medicamentos nas áreas geográficas do Algarve e Baixo Alentejo, bem como a avaliação, processamento e análise científica dessa informação, nos termos resultantes das normas e diretrizes nacionais e comunitárias, designadamente pela sua comunicação aos outros Estados Membros e à Agência Europeia do Medicamento.
  1. É também competência da UFALBA a implementação das medidas de segurança adequadas de modo a minimizar os riscos e proceder à comunicação e divulgação de informação pertinente aos profissionais de saúde, doentes e público em geral.
  2. Cabe ainda à UFALBA a realização de estudos de farmacoepidimiologia e outros relacionados com a segurança dos medicamentos.
CENTRO DE ESTUDOS DE SEGURANÇA DOS MEDICAMENTOS E DISPOSITIVOS MÉDICOS
  • Trata-se de um projeto com coordenação conjunta do INFARMED e do ABC que visa reforçar a vigilância dos medicamentos e produtos de saúde que estão disponíveis em Portugal;
  • Este Centro de Estudos será inovador em termos nacionais e permitirá a obtenção de dados regionais e nacionais, promovendo a otimização da utilização de medicamentos e dispositivos pelos profissionais de saúde.
CENTRO DE ESTUDOS DE SEGURANÇA DOS MEDICAMENTOS E DISPOSITIVOS MÉDICOS
CENTRO DE ESTUDOS DE SEGURANÇA DOS MEDICAMENTOS E DISPOSITIVOS MÉDICOS
  • Trata-se de um projeto com coordenação conjunta do INFARMED e do ABC que visa reforçar a vigilância dos medicamentos e produtos de saúde que estão disponíveis em Portugal;
  • Este Centro de Estudos será inovador em termos nacionais e permitirá a obtenção de dados regionais e nacionais, promovendo a otimização da utilização de medicamentos e dispositivos pelos profissionais de saúde.
BANCO PÚBLICO DE CÉLULAS DO CORDÃO UMBILICAL
  • Banco de armazenamento de células do cordão umbilical que são colhidas aquando do parto, com o objetivo de serem utilizadas para o tratamento de diversas doenças;
  • Dedica-se à receção, análise, processamento, criopreservação e distribuição de dádivas benévolas e altruístas de sangue do cordão umbilical;
  • Corresponde a uma descentralização geográfica para o Algarve deste serviço do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, atualmente situado no Porto.
BANCO PÚBLICO DE CÉLULAS DO CORDÃO UMBILICAL
BANCO PÚBLICO DE CÉLULAS DO CORDÃO UMBILICAL
  • Banco de armazenamento de células do cordão umbilical que são colhidas aquando do parto, com o objetivo de serem utilizadas para o tratamento de diversas doenças;
  • Dedica-se à receção, análise, processamento, criopreservação e distribuição de dádivas benévolas e altruístas de sangue do cordão umbilical;
  • Corresponde a uma descentralização geográfica para o Algarve deste serviço do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, atualmente situado no Porto.
SEROTECA NACIONAL (AMOSTRAS DE SANGUE PROVENIENTES DE DÁDIVAS)
  • Criação de uma seroteca através da conservação de amostras de sangue provenientes quer de soro, plasma, mas também de glóbulos referentes a todas as dádivas, em que a congelação de amostras ocorre à temperatura de -80ºC em câmaras de frio.
  • Trata-se de um projeto de colaboração entre o Instituto Português do Sangue e da Transplantação e o ABC.
SEROTECA NACIONAL (AMOSTRAS DE SANGUE PROVENIENTES DE DÁDIVAS)
SEROTECA NACIONAL (AMOSTRAS DE SANGUE PROVENIENTES DE DÁDIVAS)
  • Criação de uma seroteca através da conservação de amostras de sangue provenientes quer de soro, plasma, mas também de glóbulos referentes a todas as dádivas, em que a congelação de amostras ocorre à temperatura de -80ºC em câmaras de frio.
  • Trata-se de um projeto de colaboração entre o Instituto Português do Sangue e da Transplantação e o ABC.
CENTRO DE INVESTIGAÇÃO ENTOMOLÓGICA DO ALGARVE (CIEMA)
  • O CIEMA vai estar integrado no ABC Loulé Health Research Center, localizado em Loulé.
  • Consiste num laboratório de investigação, desenvolvimento e inovação com foco na investigação de doenças transmitidas ao homem por vetores.
  • Projeto com coordenação técnica e científica conjunta do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge com o ABC.
CENTRO DE INVESTIGAÇÃO ENTOMOLÓGICA DO ALGARVE (CIEMA)
CENTRO DE INVESTIGAÇÃO ENTOMOLÓGICA DO ALGARVE (CIEMA)
  • O CIEMA vai estar integrado no ABC Loulé Health Research Center, localizado em Loulé.
  • Consiste num laboratório de investigação, desenvolvimento e inovação com foco na investigação de doenças transmitidas ao homem por vetores.
  • Projeto com coordenação técnica e científica conjunta do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge com o ABC.

Destaques

Apoio ao Desenvolvimento de Ensaios Clínicos
  • Trata-se de um apoio à elaboração de ensaios clínicos por parte dos investigadores, que visa suportar todos os intervenientes da área da saúde;
  • Plataforma para lançar médicos a realizar atividades de investigação clínica  e aproveitar as instalações e Know-how existente no DCBM;
  • Secção de apoio ao investigador, nomeadamente, apoio na elaboração e implementação de projetos e apoio à publicação científica sem custos diretos associados;
  • Apoio estatístico na criação dos ensaios e análise de resultados. Os custos associados serão dependentes das necessidades, prevendo-se em caso do crescimento espectável necessidade de custos adicionais c/pessoal de 35.000 euros por ano a partir de 2018.
01
Apoio à Captação de Financiamento
  • Apoio à captação de fundos a nível nacional e internacional;
  • Conhecimento dos concursos disponíveis a nível nacional e internacional;
  • Apoio na elaboração e obtenção de documentos necessários para as candidaturas.
02
Projeto Biotério do CBMR-UAlg
  • Biotério de apoio à investigação clínica;
  • Aproveitar as instalações do ABC e apoiar o Biotério que está integrado no CBMR (UAlg), de acordo com as melhores práticas nacionais e internacionais;
  • Necessidade de adequar as espécies existentes aos estudos a desenvolver integrados no - Programa Doutoral de Investigação Clínica e Translacional do DCBM.
03
Apoio à Publicação Científica
  • Apoio à escrita e publicação de artigos científicos relativos a projetos do CHUA, UAlg, ARS Algarve e restantes parceiros do ABC;
  • Facilitar a implementação de protocolos com empresas de Medical Writing.


04
Análise estatística
  • Apoio estatístico a projetos do CHUA, UAlg, ARS Algarve e restantes parceiros do ABC;
  • Suporte desde a determinação do tamanho da amostra, bem como toda a análise de resultados dos estudos científicos.
05